O primeiro dos Bentley T-Series acaba de iniciar o processo de restauro

6 Monate, 3 Wochen her - 16 Mai 2022, autoportal
O primeiro dos Bentley T-Series acaba de iniciar o processo de restauro
É o exemplar mais antigo deste modelo e pertencia à marca, como carro de testes, mas esteve armazenado durante anos

A Bentley acaba de descobrir mais um pedaço da sua história nas suas próprias instalações. O primeiro dos T-Series, com o número de identificação (VIN) 001, foi acabado de construir a 28 de setembro de 1965, com a carroçaria pintada de Shell Grey e com o interior forrado em pele azul. Foi sempre propriedade da Bentley e estava destinado aos testes iniciais deste modelo, circulando um pouco por todo o mundo, mas acabou por ser armazenado e esquecido.

Em outubro de 2016, um grupo de aprendizes da marca iniciou o processo de rejuvenescimento desta unidade, começando por retirar todos os acabamentos e revestimentos e iniciando o trabalho de recuperação da carroçaria. No entanto, este processo ficou suspenso, uma vez que a marca optou por se focar na gama atual e no seu futuro eletrificado, que eram uma maior prioridade.

Mas agora, que a marca tem estado a expandir a sua Heritage Collection, é o momento certo para iniciar um completo processo de restauro até ao último parafuso, algo que está previsto ter uma duração em torno dos 18 meses.

O Bentley T-Series foi um modelo bastante inovador para a marca, uma vez que foi o primeiro a incluir uma construção monocoque. Já contava com travões de disco e suspensão independente nas quatro rodas, uma caixa de velocidades Hydramatic e diversos apoios de borracha “Vibrashock”, que tinham o objetivo de isolar o ruído da estrada e evitar vibrações indesejadas no habitáculo.

O motor era um V8 com 6,25 litros de capacidade e 225 cavalos de potência, originalmente projetado para o Bentley S2, que permitia ao T-Series alcançar as 115 mph (185 km/h) de velocidade máxima e acelerar das 0 às 62 mph (100 km/h) em 10,9 segundos.

Este será um processo de restauro bastante detalhado, que só deverá ficar concluído em 2023, altura em que o primeiro dos T-Series já tem um lugar reservado na Heritage Collection da Bentley.

Support Ukraine