VW SP: esportivo brasileiro faz 50 anos com design lembrado até hoje

4 Monate, 3 Wochen her - 17 Juli 2022, motor1
VW SP: esportivo brasileiro faz 50 anos com design lembrado até hoje
Data foi comemorada pelo SP2 Club, que reuniu 18 veículos para exposição e desfile

O Volkswagen SP completou no último domingo (26) 50 anos de lançamento no Brasil. O esportivo, desenhado e projetado nacionalmente, chegou ao mercado em 1972 e até hoje é lembrado como referência quando o assunto é design. A data foi comemorada pelo SP2 Club, que reuniu amantes do modelo e 18 unidades do clássico para exposição e desfile no Motor Park, no Haras Tuiuti, interior de São Paulo.

“Essa celebração de 50 anos não é apenas do SP. Esse carro representou nos anos 1970 um marco na indústria como um todo. É muito interessante podermos ver vários itens e definições que surgiram na época, mas que que seguem funcionais até hoje. Certamente utilizamos algumas teorias e conceitos dessa época e aplicamos nos novos modelos em desenvolvimento", disse André Drigo, gerente executivo de desenvolvimento de produto.

Quando foi apresentado, o modelo logo chamou atenção pelo interior refinado, bom nível de acabamento e melhorias em relação aos demais Volkswagen da linha. Oferecia bancos exclusivos, além do console e painel central em peça única. O painel de instrumentos, avançado para a época, contava com marcador de temperatura do óleo, amperímetro e relógio.

Tamanha foi a repercussão interna, e até no exterior, que a revista alemã Hobby o elegeu como o "Volkswagen mais bonito do mundo". Enquanto isso, a norte-americana Car & Driver avaliou o SP2 e fez um pedido para que a Volkswagen o produzisse em escala mundial.

Na mecânica, o SP1 trazia motor 1.6 com potência de 65 cv, enquanto SP2 contava com propulsor 1.7 de 75 cv. Este último, com desempenho otimizado, acelerava de 0 a 100 km/h em 17,4 segundos e tinha velocidade máxima de 160 km/h. Além disso, contava com novos freios a disco na dianteira e suspensão reconfigurada. Nos dois casos o câmbio era o mesmo: manual de 4 marchas.

A capacidade para bagagens era boa, com 205 litros na traseira e 140 litros na dianteira. Devido ao alto preço e fraco desempenho diante dos rivais, o esportivo foi descontinuado em 1975. A Volkswagen produziu somente 10.193 unidades do SP2, sendo 670 exemplares exportados para a Europa. Reconhecido internacionalmente, o SP conta até com um exemplar em exposição no Museu Volkswagen, em Wolfsburg, na Alemanha.

Support Ukraine