Classe de luxo da Opel em destaque no Top International Concours d'Élégance

3 Monate, 4 Wochen her - 12 August 2022, autonews
Classe de luxo da Opel em destaque no Top International Concours d'Élégance
A Internacional Classic Gala Schwetzingen (2-4 de setembro) é um dos mais prestigiados concours d'élégance do mundo.

A Opel apresentará a sua classe de luxo dos anos 60 - a série "KAD", composta pelo Opel Kapitän, Admiral e Diplomat - no evento deste ano. Sob o lema "Future meets Classic", 180 automóveis clássicos selecionados de todas as décadas estarão em exposição no jardim barroco do Palácio de Schwetzingen, na Alemanha. 

Um automóvel dos primeiros tempos da mobilidade motorizada e dos 160 anos de história da Opel é um dos modelos imperdíveis: o Opel 4/8 PS "Doktorwagen" de 1909 estará, também, entre as atrações em grande destaque, para além do Admiral V8 e do Diplomat V8 Coupé.

O conjunto de automóveis históricos em Schwetzingen será complementado pela "7. ECOmobil-Gala", um encontro de conceitos de mobilidade sustentável sob o lema "Future meets Classic". A Opel participará com a versão híbrida plug-in do novo Astra Sports Tourer.

"KAD": Os "Três Grandes" de Rüsselsheim

Kapitän, Admiral e Diplomat - também conhecidos por "KAD" ou por "Três Grandes" - representaram a classe de luxo da Opel nos anos sessenta e setenta. Os três estavam totalmente equipados, eram extremamente espaçosos e foram influenciados pelo estilo americano contemporâneo. Com um comprimento de 4,95 metros e uma largura de 1,90 m, a classe de luxo da Opel também atingiu novas dimensões.

Ao mesmo tempo que o Kapitän se tornou o automóvel de passageiros alemão com motor de seis cilindros mais vendido e o Admiral tenha construído a sua reputação com base no sucesso do modelo pré-guerra com o mesmo nome, o Diplomat representava o topo de gama. A Opel - que sempre representou a democratização da inovação - foi o único fabricante alemão a oferecer uma gama completa de produtos naquela época, desde o Kadett e Rekord, até ao Kapitän, Admiral e Diplomat, a Opel tinha um automóvel para todos.

Na Classic Gala Schwetzingen deste ano, a Opel mostrará o Diplomat V8 Coupé de 1966, bem como o Admiral V8 de 1965. O motor V8 de 5,4 litros do Diplomat produz 230 cv e acelera o modelo de quatro lugares de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos, enquanto a velocidade máxima é de 200 km/h. Quase nenhum outro automóvel de fabrico alemão daquela época era mais rápido.

O Admiral, com o seu motor de 190 cv, era também reconhecido pela sua transmissão automática de duas velocidades "Powerglide". Produzido de 1964 a 1968, um total de 55.876 unidades dos Admiral A deixaram a fábrica, dos quais apenas 623 apresentavam motores de oito cilindros. Isto faz do Admiral V8 um raro artigo de coleção nos dias de hoje. O trio KAD em Schwetzingen fica completo por um Kapitän de um colecionador privado.

4/8 PS "Doktorwagen" de 1909: A Opel tornou a mobilidade automóvel inicial acessível

Os visitantes da Classic Gala podem também apreciar um automóvel precursor que tornou a mobilidade motorizada acessível para todos: o Opel 4/8 PS. Na publicidade, a Opel proclamou o automóvel como ideal para "Médicos, veterinários e advogados", o que lhe valeu o apelido "Doktorwagen" (carro do médico).

O veículo pioneiro estava disponível por um preço moderado de apenas 3.950 marcos, abrindo caminho para que uma parte mais vasta da população possuísse o seu próprio automóvel pela primeira vez. O destaque técnico foi o motor de quatro cilindros "monobloco", fundido numa só peça.

Support Ukraine